• Brasil
Ramatis Livros Espíritas Universalistas

A VAIDADE DO MÉDIUM

A VAIDADE DO MÉDIUM

Facebooktwitter

Muitos homens consideram o tempo de experiência mediúnica um troféu a ser exibido, desconsiderando que a idade sideral do espírito encarnado não se encontra em proporção direta ao número de aniversários no corpo físico provisoriamente ocupado. Esquecem que nenhum médium é insubstituível, muito menos proprietário dos espíritos. Existem ainda os que anseiam tanto pelo caboclo com lindo penacho, o portentoso preto velho, o médico mentor, a freira erudita, o iogue oriental de grande sabedoria ou o filósofo grego iniciado, que plasmam inconscientemente uma forma de pensamento artificial que o substitui. O verdadeiro espírito guia não consegue mais chegar próximo, pela vaidade de seu aparelho mediúnico e pela muralha preconceituosa que retém o sensitivo preso à forma transitória, que esmaga a essência duradoura do espírito.

– do livro VOZES DE ARUANDA. Norberto Peixoto – https://www.facebook.com/TriangulodaFraternidade.Umbanda/

Facebooktwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *