• Brasil
Ramatis Livros Espíritas Universalistas

CONSIDERAÇÕES SOBRE A REENCARNAÇÃO DE RAMATÍS

CONSIDERAÇÕES SOBRE A REENCARNAÇÃO DE RAMATÍS

Facebooktwitter

Por Norberto Peixoto…

Num post publicado aqui na página – dez/15 -, fiz alusão à reencarnação de Ramatís e de diversos Instrutores da Fraternidade da Cruz e do Triângulo. O intrincado momento planetário que estamos passando, com possibilidade até de uma guerra nuclear, conforme nos informam os amigos espirituais, é o ápice da “Besta do Apocalipse”, dado a falência moral e ética que a humanidade chegou. Um Instrutor da humanidade quando renasce traz consigo seu programa de vida detalhadamente elaborado pelos Maiorais que regem a evolução do planeta. Prevê impacto profundo na consciência coletiva, em várias frentes de “batalha”: ciência, política, social, religião, tecnologia,…


Alguns irmãos nossos ficam um tanto entristecidos e até contrários a esta informação, que não é inédita, pois foi dada antes por Hercílio Maes, como menciona o livro “Simplesmente Hercílio”, de autoria de seu filho, Mauro Maes. Outros companheiros de seara, ainda reagem como se estivéssemos tirando a imagem do “santo” do altar, o que os levaria a não ter mais para quem “orarem” do lado de lá.

Há que se considerar que para cada Instrutor que reencarna, outro assume sua posição, não ficando nada no “vazio”, pois a pluralidade dos mundos habitados e o constante fluxo de migração de um orbe a outro prevê este trânsito. Temos que ter maturidade espiritual e estabilidade emocional, pois já é mais do que a “hora chegada” de fazermos a lição de casa, sermos elos de uma corrente energética vibracional de apoio ao planeta e a estes abnegados Instrutores que retornam, reencarnando em todas as latitudes da Terra, doando o mínimo de nós mesmos a estes que doam o máximo de si por amor à humanidade .


Então, não sou eu quem trouxe primeiramente a lume que Ramatís reencarnará. Eu simplesmente tive a mesma percepção que Hercílio teve, conforme minha sensibilidade e sintonia psíquica assim captaram.


Muitos perguntam uma data. Creio isto não seja o mais importante. Todavia, o que eu posso dividir com os irmãos de jornada aliviando meu coração, com a mais profunda verdade e paz de consciência, sendo fiel ao que eu vivencio com este amoroso espirito; tutor da minha encarnação, amigo, irmão mais velho,…, é que quando eu deixar esta matéria Ramatís estará reencarnado.


Estou com 53 anos…

Um discípulo verdadeiro, nem sempre está naquele que segue por onde quer que o mestre ande, e sim no que age e conduz seus passos como o seu mestre faria.

Fraternalmente,
Norberto Peixoto.

Facebooktwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *