• Brasil
Ramatis Livros Espíritas Universalistas

DANÇANDO FORA DO CORPO NA CHUVA – III*

DANÇANDO FORA DO CORPO NA CHUVA – III*

Facebooktwitter

       (A Mensagem de Luz dos Músicos Negros do Invisível)

Wagner Borges

A estrada é essa, irmão… A da Luz.

E nós a trilhamos através da música.

O Amor é a nossa inspiração, sempre foi.

E por onde vamos, tocamos, dançamos e cantamos isso.

Vivemos na América, mas somos do mundo.

Sempre oramos a Deus pelo Bem de todo mundo.

Às vezes, passamos pelo Brasil, como hoje.

E, como de outras vezes, você percebeu nossa passagem…

E nós lhe dizemos, irmão, todos nós somos da Luz!

E somos gratos a Deus por nos permitir dançar aqui.

Pois, em nossa dança, arrebatamos muitos espíritos infelizes…

E os levamos para a Casa do Céu, que é cheia de música feliz.

E, lá, eles melhoram e seguem seu caminho na Luz…

Nós somos felizes com a música, sempre fomos.

Ela é o presente que Deus nos deu… e nós a compartilhamos.

Às vezes, nós dançamos nas ruas das grandes cidades, sob a chuva noturna…

E limpamos as vias do mundo das energias ruins.

Irmão, que bom que você gosta de música. Isso é uma benção!

Agradeça a Deus por isso… pois gratidão é estado de consciência elevada.

Você vê os nossos olhos brilhando? É o poder da música em nós…

Nessa noite, estamos tocando em seu país. E é uma honra estarmos aqui.

Nossa dança é espiritual, sempre foi. E, assim, fazemos o Bem.

Você vê como nossos sapatos brilham? Isso é por causa dos nossos passos…

Limpamos as ruas assim, rodopiando. Hoje, somos os negros invisíveis de Deus.

E não ligamos para a cor da pele de ninguém. Todos são filhos do Céu!

Cantamos e dançamos por Amor. Somos do mundo todo. E somos felizes.

Escreva isso por nós, irmão. Somos cidadãos da Pátria Universal!

Assim como Jesus andou sobre às águas, nós andamos sobre as ruas das cidades.

Deslizamos contentes… em meio à chuva da noite, orando a Deus por todo mundo.

E obrigado por você registrar nossa passagem, como de outras vezes.

Irmão, fique em Paz. E nunca deixe de orar e agradecer a Deus pelos dons.

A estrada é a da Luz… sempre!

– Os Negros Invisíveis de Deus –

(Recebido espiritualmente por Wagner Borges – São Paulo, 10 de novembro de 2015.)

– Notas:

         * As duas partes anteriores desse texto estão postadas no site do IPPB, nos seguintes links:

         Parte I –

http://www.ippb.org.br/textos/textos-periodicos/924-dancando-fora-do-corpo-na-chuva

         Parte II –

http://www.ippb.org.br/textos/textos-periodicos/978-dancando-fora-do-corpo-na-chuva-ii

Facebooktwitter