• Brasil
Ramatis Livros Espíritas Universalistas

DIMENSÕES: GENTE, AMOR E LUZ…

DIMENSÕES: GENTE, AMOR E LUZ…

Facebooktwitter

Wagner Borges – www.ippb.org.br
O tempo não para…
E, nesses tempos modernos, a mente também não.
Por fora, é muita correria e ansiedade; e, por dentro, pouca luz.
E nisso, o coração vai para o ralo…
E dá-lhe lambança! Na vida, no amor, e na qualidade da manifestação.
Oh, Senhor! Abençoe essa gente que corre tanto, até de si mesma.
Ilumine-as, para que elas se toquem do grande vazio que sequestrou seus corações.
Projete um Grande Amor em suas vidas, para que elas percebam a canção do Eterno.
Ah, Papai do Céu! Tenha piedade dessa gente, que ressecou o próprio espírito.
E que deixou suas asas espirituais atrofiarem nas ilusões das luzes do mundo.
Essa gente, que anda com o olhar vazio, mesmo sendo centelhas do Eterno.
Que desperdício! Descer para viver na Terra e se atolar tanto na ansiedade.
Que bagaço, Pai do Céu! Ah, tenha piedade dessa gente…
Que, mesmo com estrelas nos olhos, ficou cega para a paz e a compreensão.
Essa gente que, mesmo falando de amor, ainda se perde em tantas lambanças…
E que sequer conhece a si mesma e, mesmo assim, ainda julga os outros.
Ah, se eu pudesse entrar em suas mentes, para dizer-lhes que viver não tem preço.
E que o amor é maior do que tudo. E que dá trabalho vencer a própria inércia.
E que só é feliz quem merece! Ah, Papai do Céu! Abençoe essa gente…
E lhes dê um Grande Amor. E aí, quem sabe, eles voltem a viver de verdade…
Para que a escuridão que sequestrou seus corações tenha fim, no centro da Luz.
Para que as traves escuras caiam de seus olhos e elas, enfim, despertem.

P.S.:
Há muitas dimensões…
A desse programa; a da vida eterna; e a da Luz.
Mas, a principal delas é a dimensão do Amor.
E essa é dentro de cada coração.
Ah, Papai do Céu!
Por favor, abençoe essa gente…
De todas as dimensões.

– Companhia do Amor –
(A Turma dos Poetas em Flor).
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges – São Paulo, 03 de maio de 2010.)

– Nota de Wagner Borges:
Esses escritos foram feitos um pouco antes do início do programa de TV “Dimensões”, apresentado por Rosana Beni no Canal da Blue TV. Enquanto eu aguardava o horário de início do programa, onde eu seria entrevistado, mais uma vez, vislumbrei extrafisicamente a presença de um dos espíritos da Companhia do Amor. E aí, ele me passou esse texto. E eu li o mesmo no ar, ainda sob a emoção do lance. E, agora, estou disponibilizando o mesmo em aberto para todos.
Obs.: A Companhia do Amor é um grupo de cronistas, poetas e escritores brasileiros desencarnados que me passam textos e mensagens espirituais há vários anos. Em sua grande maioria, são poetas e muito bem humorados. Segundo eles, os seus escritos são para mostrar que os espíritos não são nuvenzinhas ou luzinhas piscando em um plano espiritual inefável. Eles querem mostrar que continuam sendo pessoas comuns, apenas vivendo em outros planos, sem carregar o corpo denso. Querem que as pessoas encarnadas saibam que não existe apenas vida após a morte, mas, também, muita alegria e amor.
Os seus textos são simples e diretos, buscando o coração do leitor.
Para mais detalhes sobre o trabalho dessa turma maravilhosa, ver os livros “Companhia do Amor – A Turma dos Poetas em Flor – Volumes 1 e 2” – Edição independente – Wagner Borges, e sua coluna no site do IPPB (que é uma das seções mais visitadas no site): www.ippb.org.br.

Facebooktwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.