• Brasil
Ramatis Livros Espíritas Universalistas

HÁ ALGO MAIS… UM AMOR, UMA LUZ. – CXXXIV*

HÁ ALGO MAIS… UM AMOR, UMA LUZ. – CXXXIV*

Facebooktwitter

Wagner Borges – www.ippb.org.br

(Além das Nuvens, a Ação Silenciosa do Senhor dos Olhos de Lótus)

Eu olhei para o céu nublado e vi algo…
Acima das nuvens havia uma imensa flor de lótus aberta.
E dela desciam suaves bálsamos energéticos sobre o mundo.
Eram gotinhas de Amor buscando os corações sensíveis ao Bem…
Para umidificá-los na senda, como orvalho invisível do Alto.
Metade da flor era azulada, e a outra parte era dourada.
E suas pétalas tinham movimento suave, como se uma brisa invisível as movesse…
Seria isso uma carícia do Céu? Ou, quem sabe, toques gentis dos espíritos?
Eu vi isso, em Espírito e Verdade, e compreendi, em meu coração.
Aqui embaixo, o afã dos homens; logo em cima, a serenidade de uma flor.
No contraponto disso, eu também vi surgir uma flor igual sobre minha cabeça…
Era pequena e com as mesmas cores (seu bulbo tocava o meu chacra coronário**).
Era azulada à esquerda, e dourada à direita; e suas pétalas também se moviam…
E dela desciam pequenas partículas luminosas e me interpenetravam por inteiro.
Então, finalmente eu vi dois grandes olhos me fitando de algum ponto além…
E era Ele, o Senhor de Olhos de Lótus, a Inteligência de onde vinha as flores.
Então, eu escutei Sua Risada dentro do meu coração. E Ele me disse:
“Escreva sobre os Lótus Espirituais e fale sobre o orvalho sutil.
Diga aos seus irmãos de estudo para sintonizarem essas flores de ananda***.
Que em seus trabalhos prevaleça o bom senso e os grandes valores da Luz.
Que não se deixem levar por trilhas inflamadas e nem pelos desvãos das trevas.
Que saibam olhar além de suas “nuvens de dúvida”, para verem as flores do Bem.
Que os seus chacras também sejam como esses lótus, abertos pelo Amor**.
Cumpra sua missão de hoje: escreva e revele essa prática de gentileza perene”.
Ah, Ele me disse isso e eu fiquei aqui, com esse lótus descendo a energia em mim.
E com meu coração derretido nas ondas daquele Amor que não se explica.
Sim, aquilo que só se sente, em Espírito e Verdade… e mais não sei dizer.

P.S.:
Acima da vida caótica dos homens pairam os lótus sutis, pelo Poder do Espírito.
E quem recebe seus bálsamos secretos se fortalece na senda, e caminha…
E vê algo mais: um Amor e uma Luz.
E quando os chacras são como flores, a sintonia espiritual acontece.
Oxalá outros mais vejam e sintam essas flores em suas vidas.
Ah, que Krishna*** os abençoe.

(Dedicado aos estudantes e trabalhadores espirituais, de todas as linhas voltadas para a consecução do Bem, e que permanecem firmes em suas lides conscienciais, sempre fiéis aquilo que não se explica, só se sente.)***

Paz e Luz.

– Wagner Borges – mestre de nada e discípulo de coisa alguma.
São Paulo, 1 de agosto de 2017.

– Notas:
* Esse texto fará parte do segundo volume do livro “Há Algo Mais… Um Amor, Uma Luz”.
Obs.: o primeiro volume do livro está disponibilizado para download gratuito no site do IPPB: http://www.ippb.org.br/blog/livro-ha-algo-mais-um-amor-uma-luz

** Chacra Coronário – é o centro de força situado no topo da cabeça, por onde entram as energias celestes. É o chacra responsável pela expansão da consciência e pela captação das ideias elevadas. É também chamado de chacra da coroa. Em sânscrito, o seu nome é “sahashara”, o lótus das mil pétalas. Está ligado à glândula pineal.
Obs.: A pineal é a glândula mais alta do sistema endócrino, situada bem no centro da cabeça, logo abaixo dos dois hemisférios cerebrais. Essa glândula está ligada ao chacra coronário, que, por sua vez, se abre no topo da cabeça, mas tem sua raiz energética situada dentro dela. Devido a essa ligação sutil, a pineal – também chamada de “epífise” – é o ponto de ligação das energias superiores no corpo denso e, por extensão, tem muita importância nos fenômenos anímico-mediúnicos, incluindo as projeções da consciência para fora do corpo físico.
Obs.: Ver o texto “Chacras e Cura Psíquica – II”, no seguinte link do site do IPPB: http://www.ippb.org.br/bioenergia/chacras-e-cura-psiquica-ii
(E, para mais informações detalhadas sobre bioenergia, aura e chacras, ver a seção específica no site do IPPB, no seguinte link: http://www.ippb.org.br/bioenergia).
* Ananda – do sânscrito – estado de bem-aventurança; êxtase espiritual.
** Sobre a visualização de lótus nos chacras, favor ver o texto “Meu Caminho Dourado” (e o texto que está logo depois das notas de rodapé do mesmo), nesse link:
http://www.ippb.org.br/textos/textos-do-mes/meu-caminho-dourado
*** Krishna – o maior dos avatares (emissários divinos) entre os hindus. O mestre de Arjuna, conforme narrado no Bhagavad-Gita (parte essencial do épico “O Maha-Bharata).
Obs.: Para aqueles que estudam as experiências fora do corpo, sugiro a leitura da série de textos “O Projetor Azul e Dourado” (que apresentam correspondências pertinentes ao simbolismo das cores azul e dourada), postados em conjunto no seguinte link:
http://www.ippb.org.br/wagner/textos-selecionados/o-projetor-azul-e-dourado-i-ii-iii-iv-v-vi-e-vii
*** Enquanto eu passava essas linhas a limpo, rolava aqui no meu som uma coletânea do vocalista americano Richard Marx. Então, deixo, na sequência, os links do Youtube para algumas de suas lindas canções.
Richard Marx:
– “Like Heaven” –

– “Loved” –

– “Loved” (acoustic) –

– “Through My Veins” (Live) –

– “Always On Your Mind” –

– “Done To Me” –

– “Hold On To the Nights” –

– “Take This Heart” –

– “Whatever We Started” –

– “Now & Forever” –

– “On the Inside” –

Facebooktwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *