• Brasil
Ramatis Livros Espíritas Universalistas

MÃE DIVINA – A MATRIZ DOS SÓIS

MÃE DIVINA – A MATRIZ DOS SÓIS

Facebooktwitter

Wagner Borges

Mãe, no grande vazio Te encontrei.

Ali, no meio da escuridão primordial,

O Teu Verbo Divino fez a luz acontecer.

O Teu mantra* explodiu em vida e florescência!

 

Tu engendrastes a vida e toda manifestação.

Tu, ó Criadora do tempo!

E, no final dos eons, tudo voltará a Ti!

O escuro primordial e a Luz são dois lados de Ti mesma.

 

Tudo veio do Teu ventre!

E tudo voltará a ele.

Em Teu escuro primordial está a matriz dos sóis.

Tua lâmina do discernimento só corta o ego.

 

Enquanto os tolos temem Tua ação, os sábios Te agradecem.

Os tolos só veem o vazio escuro e frio, e tremem…

Contudo, os sábios veem a matriz dos sóis,

E entram em samadhi**.

 

Mãe, com os olhos da carne eu vi um cadáver.

Mas, com o olho espiritual eu vi o espírito se desprendendo.

Embaixo, as pessoas choravam; em cima se abriu um túnel de luz.

Então, o espírito entrou nele e voltou para o Teu ventre.

 

Houve um enterro; dias depois, um discurso e um ritual religioso.

No entanto, o espírito não estava presente nesses eventos.

Ele estava em Teu ventre, para além da cegueira sensorial…

Ele estava na matriz dos sóis!

 

Na Terra, ficou o casulo da lagarta (o cadáver);

Em Teu ventre, a borboleta (o espírito) abriu as asas.

Embaixo, as pessoas falavam de morte e tremiam…

Em Teu ventre, o espírito alçava vôo para outras realidades…

 

P.S.:

Mãe, abençoe os que tremem e dê-lhes confiança.

Abençoe os que voam, para que eles desdobrem as camadas interplanos e descubram novas luzes em Teu infinito.

Abençoe os sábios, que sempre agradecem a Ti, por tudo.

E, abençoe esses escritos, para que eles levem, além da limitação das palavras, o Teu Amor a outros corações sensíveis às luzes espirituais.

 

Paz e Luz.

 

– Wagner Borges – aprendiz da arte de viver…

 

– Notas:

* Mantra – do sânscrito – palavra oriunda de manas: mente; e tra: controle; liberação – Literalmente, significa “Controle ou liberação da mente”.

Determinadas palavras evocam uma atmosfera superior que facilita a concentração da mente e a entrada em estados alterados de consciência. Os mantras são palavras dotadas de particular vibração espiritual, sintonizadas com padrões vibracionais elevados. São análogos às palavras-senhas iniciáticas que ligam os iniciados aos planos superiores.

Pode-se dizer que os mantras são as palavras de poder evocativas de energias superiores. Como as palavras são apenas a exteriorização dos pensamentos revestidos de ondas sonoras, pode-se dizer também que os mantras são expressões da própria mente sintonizada em outros planos de manifestação.

** Samadhi – do sânscrito – expansão da consciência; estado de consciência cósmica.

 

 

 

Facebooktwitter