• Brasil
Ramatis Livros Espíritas Universalistas

PALAVRAS DE LUZ E SABEDORIA

PALAVRAS DE LUZ E SABEDORIA

Facebooktwitter

Por Wagner Borges – www.ippb.org.br

(Apontamentos Conscienciais do Preto Velho)

(Texto postado originalmente na lista interna do Grupo de Estudos e Assistência Espiritual do IPPB)

Preto Velho não brinca…
E nem faz salseiro com as coisas dos outros.
Perde muita energia quem cuida da vida alheia.
E perde mais ainda quem odeia.

De vez em quando, é bom um chacoalhão!
É isso que a Lei do Carma* faz:
Balança a árvore da vida do homem…
E os frutos das suas ações podres caem por terra.

Meninos e meninas de Fé não tergiversam diante das provas.
Fortalecem-se na confiança de que o Céu os assiste secretamente.
Esses não dão mancada e sabem do valor da Espiritualidade em suas vidas.
E, mesmo diante das chacotas dos ignorantes, eles perseveram nas lides da Luz.

Muitos se perdem nos caminhos espirituais porque seus egos são bem robustos.
E é por isso que precisam ser polidos pelas agruras da vida…
Até que caia a casca de suas emoções conflitantes.
Por isso, os guias espirituais** sempre falam da prática da humildade.

Preto Velho já viu muitas coisas…
E sabe que quem faz o mal sempre colherá o mal que semeou!
Isso não é valor doutrinário, é da Lei Maior.
Quem plantar, colherá!

Preto Velho também chora…
Quando vê os filhos de Fé se entranhando com malfeitos.
Pois sabe onde isso vai dar…
Quem acasala com as trevas, termina grávido de coisas ruins.

Tem coisa pior do que um filho (a) de Fé se bandear para as lides das trevas?
Preto Velho fica triste com isso…
Pois sabe que os “Pais do Abismo” destruirão o equilíbrio do filho (a) desviado.
Mas, “a cada um segundo suas obras!”

Preto Velho sempre ora…
Pois sabe que é Nosso Senhor Oxalá que comanda tudo!
E sempre aconselha os filhos de Fé a orarem também.
E que não tenham vergonha disso!

Ninguém é dono de ninguém!
E cada um é responsável por si mesmo.
Preto Velho não resolve enroscos afetivos dos outros…
Mas sempre dirá que o Amor é maior do que qualquer coisa!

Mediunidade*** não é dom, é ferramenta de trabalho.
Ao ajudar os outros, o médium cresce, como espírito que também é!
Contudo, se for arrogante, inevitavelmente soçobrará nos mares do ego.
Preto Velho aconselha aos médiuns que sejam modestos e alegres.

Preto Velho não sabe tudo…
Mas sabe que o Amor dá asas a tudo que é bom…
E também sabe que o perdão ilumina o coração.
E que Nosso Senhor Oxalá está acima de tudo!

– Preto Velho, Aprendiz de Nosso Senhor** –
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges.)

– Nota de Wagner Borges:
Pessoal, acabei de receber esses apontamentos conscienciais.
O meu lar está cheio de Luz e contentamento sereno.
Estou aqui escutando várias músicas do Journey (e sinto isso com todos os poros do meu corpo), e agradecendo ao Grande Arquiteto Do Universo por todas essas coisas boas que chegam por aqui…
O mundo está cheio de mestres e quetais… e eu não sou nada disso!
Sou só um cara contente escutando música e pegando diversas caronas espirituais com os mentores extrafísicos (que têm a paciência de me aturar durante tantos anos).
Estou de férias aqui em casa, eu e o Rama, e esses caras legais que chegam aqui.
Minha estante não tem bebidas, está cheia de livros, discos de vinil e CDs.
Minha mesa não tem comes e bebes, também está cheia de livros.
Moro na cidade grande, não em templo algum.
Estou de bermuda e camiseta, não de manto branco ou violeta.
Não sei nada de grandes mistérios, mas sei de mim (e só isso já me deixa feliz).
Não sou grande em nada, só tenho 1,67 m de altura.
E que bom, pois os caras legais não ligam para nada disso, e ainda vêm aqui!
E eu só tenho a agradecer, por tudo.
(Se possível, leiam o texto escutando a música do Journey que está assinalada na observação das notas de rodapé do texto).

Um abraço a todos vocês.
Paz e Luz.

– Wagner Borges – seu colega de evolução.

– Notas do Texto:
* Carma – do sânscrito, karma – ação; causa – é a lei universal de causa e efeito – tudo aquilo que pensamos, sentimos e fazemos são movimentações vibracionais nos planos mental, astral e físico, gerando causas que, inexoravelmente, apresentam seus efeitos correspondentes no universo interdimensional. Logo, é óbvio que não há efeito sem causa, e os efeitos procuram naturalmente suas causas correspondentes. A isso os antigos hindus chamaram de carma.
** Guias Espirituais – entidades extrafísicas e positivas que ajudam na evolução de todos; mentores extrafísicos; amparadores extrafísicos; protetores astrais; auxiliares invisíveis; guardiões astrais; benfeitores espirituais.
* Mediunidade – conjunto dos fenômenos parapsíquicos manifestado pelo indivíduo (médium) sob a influência de seres extrafísicos.
** O bondoso preto velho que me passou esses apontamentos de sabedoria não quer nenhuma ostensividade quanto a sua personalidade, pois, segundo ele, é a Oxalá que todos devem procurar para haurir inspirações benfeitoras. Aliás, essa é a primeira vez que eu o vejo, e gostei muito de suas energias firmes e tranquilas.
Entidades extrafísicas desse porte não estão limitadas a nenhuma linha espiritual em particular. Para guias espirituais assim, o importante não é doutrina alguma, mas, sim, a Luz de cada um. E eles sempre priorizam as coisas do bom senso e jamais passarão ensinamentos consciencias ambíguos ou se prestarão à bajulação do ego de ninguém.
Sim, pretos velhos desse porte só querem o seguinte dos estudantes e trabalhadores espirituais: que orem a Nosso Senhor Oxalá, façam o Bem, e sejam felizes nos caminhos da Luz e da vida.
Eu agradeço a ele por ter me dado a oportunidade de grafar no plano físico os seus apontamentos de sabedoria.
Preto Velho, valeu!
Obs.: Enquanto eu escrevia, rolava no meu som a música “After All These Years”, da banda americana de pop/rock Journey. Então, deixo na sequência o link do Youtube para quem quiser apreciar também essa linda canção.
Journey (com Arnel Pineda) – “After All These Years” –

Facebooktwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *