• Brasil
Ramatis Livros Espíritas Universalistas

Ramatis e Kardec do passado

Ramatis e Kardec do passado

Facebooktwitter

Por Dalton Campos Roque

Talvez este não seja o melhor título, pois Kardec e Ramatis são e estão presentes e com o conhecimento e as atitudes atuais, avançadas, sofisticadas e presentes. Quem está extratificado no Kardec e no Ramatis do passado (esta expressão tem falhas, mas servirá para dar a ideia) precisa estudar mais, ler mais Kardec, ler mais Ramatis e refletir no conhecimento já reconhecido que escreveram.

Mas pouco adianta estudar, é preciso entender, e entender mais do que cognitiva e intelectualmente, pois o ranço doutrinário bolorento, o preconceito, o medo do novo, o medo de perder o controle de fieis, adeptos e seguidores é muito grande.

Ciência Espírita? Sim, somente para endossar a fé de quem a cita! Ciência Espírita? Somente para negar a coisa do outro! Mas quando se é revelado em trechos claros e específicos de Kardec e Ramatís sobre ciência e desenvolvimento de ideias e pesquisas de novos temas e possibilidades, o fanático fica cego e enxerga só o que deseja, por conveniência de seus medos e inseguranças.

Assim que possível vamos reler as obras destes gigantes da evolução consciencial, citar, comentar e estudar os trechos das mesmas e ir postando aqui no site, para endossar ipsis literis o que estamos aqui escrevendo.

As obras são muitas, meu tempo é escasso, mas farei devagar e na medida que eu conseguir e convido o leitor de mente aberta para refletir. Não é preciso acreditar em nada daqui, mas é preciso vencer o medo de aprender.

Facebooktwitter