• Brasil
Ramatis Livros Espíritas Universalistas

UNI VERSO – I, II E II

UNI VERSO – I, II E II

Facebooktwitter

 

       Hoje, enquanto eu passava alguns textos a limpo, deparei-me com três textos de autoria espiritual do mentor Delfos. Os mesmos me foram passados ao longo dos anos e tratam do despertar da consciência.

Lendo-os novamente, pensei: “Acho que seria legal postar em aberto os três textos juntos, pois sua sinergia espiritual poderá irradiar algo bom para outras pessoas por esse mundão de Deus.”

Então, aqui estão os três toques conscienciais dele, juntinhos, como deve ser.

Ah, quem sabe os motivos pelos quais o Alto opera e faz chegar ao coração dos homens de boa vontade os toques espirituais de discernimento e lucidez?

 

Paz e Luz.

– Wagner Borges – mestre de nada e discípulo de coisa alguma.

São Paulo, 04 de dezembro de 2013.

 

* * *

 

UNI VERSO – I

 

Alma amiga,

Há diversas galáxias em ti mesma.

É só uni-las em teu coração e integrar-te ao Grande Uno.

Transforma tuas limitações em profunda paciência e aprendizado.

Transcende o teu pequeno eu e percebe o Grande Invisível, inspirando a expansão de tua consciência.

Opera em ti mesmo a grande transmutação.

Galga os degraus da Luz e chega à plataforma do infinito.

Viaja pelas linhas invisíveis do Amor e entra no coração do Universo.

Navega pela tua própria divindade e saúda a todas as consciências.

Abraça a consciência cósmica e entra no Grande Invisível, além de teu pequeno eu.

Alma amiga,

Percebe o Uno em teu coração.

O Grande Além te saúda e diz:

“Segue firme em teu trabalho.

Inunda a todos os planos com a Luz espiritual.

Une as galáxias em teu coração e sê feliz!”

 

– Delfos* –

(Recebido espiritualmente por Wagner Borges.)

 

– Nota:

* Delfos – pseudônimo extrafísico de um famoso filósofo brasileiro.

 

 

UNI VERSO – II

 

Alma amiga,

O Universo saúda os teus caminhos.

O Grande Imanente está dentro do teu Ser e, por isso, sempre caminha junto na jornada da consciência cósmica.

Percebes o Eterno em teus passos transitórios?

Logo, nunca estiveste sozinha, em época alguma.

O Grande Eu preenche o teu pequeno eu, até que tu cresças e despertes, para que o Grande Eu preencha o teu Eu desperto. Ou melhor, para que ambos sejam só UM!

Esse UM Magnificente, Suprema Radiância do Infinito, em ti mesmo.

Alma amiga,

O Universo te saúda!

Os teus passos são estelares, mesmo que tu não percebas.

Tu és divino, mesmo quando titubeias no trato com as verdades mais profundas da existência.

Na consciência cósmica somos todos um só!

Vai para o universo exterior, e verás o Supremo.

Vai para o universo interior de ti mesmo, e também perceberás o Supremo.

Em tudo, por tudo, no Todo, ELE É!

ELE, o Grande Anônimo que habita o mais secreto de ti mesmo.

O Supremo Hierofante*, o Mestre iniciador de todas as consciências, neófitas da vida… O Grande Espírito, que anima o teu espírito, que acende os sóis, e sabe o que se passa secretamente em teu coração e em tua vida.

No centro da Vida Universal e no centro de tua vida, o Eterno se faz Presença.

Permite que essa Presença guie os teus passos na jornada.

Permite o Eterno no teu despertar.

E, algures, na eternidade do teu viver, tu te encontrarás com ELE em ti mesmo, nesse UM, que é tu mesmo.

Nesse UM, que é tudo.

Nesse universo magnífico, que te saúda em mais essa noite de estudos da consciência**.

 

– Delfos*** –

(Recebido espiritualmente por Wagner Borges.)

 

– Notas:

* Hierofante – nas tradições herméticas é o mestre iniciador, que testa e ensina o calouro (neófito) em meio às provas iniciáticas.

** Esse texto foi recebido durante uma palestra no IPPB, com cerca de 200 pessoas presentes.

*** Delfos – pseudônimo extrafísico de um famoso filósofo brasileiro.

 

UNI VERSO – III

 

Amigo, as maiores respostas estão dentro de ti mesmo.

Mergulha no âmago do teu pequeno eu, nas profundezas do ego, e resgata a tua essência perene. Depois, retorna à superfície com o Grande Eu, que és tu mesmo transformado em servidor do Grande Anônimo.

 

* * *

Medita nas alturas incomensuráveis da Paz Espiritual.

Pensa nos altos cimos das montanhas himalaicas, impávidas e colossais, muito além da agitação que te cerca.

Muitos dizem que é lá no alto do Himalaia que moram os mestres, em meio ao gelo e às neves perenes. Porém, te digo mais:

“Há um outro Himalaia, inteiro, dentro de ti mesmo, onde os mestres gostam de estar. Em lugar da neve e do gelo, eles preferem estar em meio ao Amor perene que aquece a alma, nas veredas do templo do coração.

Amigo, escala a cordilheira do Himalaia de dentro e vai para o alto. Os mestres te esperam nos altos cimos da Paz espiritual, que não é deste mundo, mas de Deus.”

 

* * *

Amigo, tu não sabes, mas ainda agora ocorreu uma linda coincidência (sincronicidade?).

Lembra-te que acordaste pensando em Jesus, como se alguém falasse dele no centro do teu Eu? E que o teu coração sentiu algo terno?

Pois eu também estou assim, como se alguém falasse algo terno ao meu coração.

Dentro de mim, em espírito, eu compreendo, mas, na mente, não entendo.

Entretanto, só de pensar em Jesus, sinto-me ligado àquelas correntes de compaixão emanadas pelas altas consciências que guiam a humanidade anonimamente (naquele anonimato produtivo que inspira os homens às ideias criativas e ao Bem comum).

Mesmo estando em planos de vida diferentes no momento, que tal entrarmos juntos numa Cosmo-Meditação?

Que tal meditarmos no grande Rabi da Galiléia (que sempre foi da humanidade toda)?… Que tal sorvermos, da taça da meditação do Graal vivo, o Amor universal que serena o coração?

Amigo, entremos juntos nas vibrações crísticas…

– Delfos* –

(Recebido espiritualmente por Wagner Borges.)

– Notas:

* Delfos – pseudônimo extrafísico de um famoso filósofo brasileiro.

         Obs.: Ver as duas partes do texto “Algumas Palavras – De Coração a Coração”, também de autoria espiritual de Delfos:

Parte I –

http://www.ippb.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=10838:1164-algumas-palavras-de-coracao-a-coracao&catid=31:periodicos&Itemid=57

Parte II –

http://www.ippb.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=11157:1211-algumas-palavras-de-coracao-a-coracao-ii&catid=31:periodicos&Itemid=57  

Facebooktwitter