• Brasil
Ramatis Livros Espíritas Universalistas

VIAJANDO ESPIRITUALMENTE NAS ONDAS DE SANTA RITA

VIAJANDO ESPIRITUALMENTE NAS ONDAS DE SANTA RITA

Facebooktwitter

Por Wagner Borges – www.ippb.org.br

Lá, na minha velha casa, estava Ela, a linda Santa Rita.
Sua estátua ficava no alto da parede da sala, logo acima da porta de entrada.
Minha mãe me ensinou a rezar para Ela antes de dormir.
E assim eu fazia… pois era criança e não entendia muitas coisas.
Mas, eu sabia que aquela Nossa Senhora era tão bondosa…
Em meu coração, eu sentia coisas boas vindo d´Ela.
Ah, como eu gostava daquela Santa Rita!
Muitas vezes, com medo, no escuro da noite, eu olhava para sua estátua acesa na sala e me sentia seguro.
O padre da paróquia falava de Jesus, mas eu gostava mesmo era da Santa Rita.
Hoje, adulto, eu me lembro com carinho da casa em que cresci – e da estátua dela na sala. Eu sei que fui protegido espiritualmente ali!
Agora eu sei das vibrações invisíveis associadas a uma egrégora*.
Também sei da ação sutil dos mentores extrafísicos** no ambiente de um lar.
Sei que eles não ligam para raça, sexo ou religião, pois fazem o Bem sem olhar a quem. E naquela casa, o Astral era da Santa Rita.
Fico imaginando a criança que fui… rezando para Ela, enquanto os protetores espirituais me aplicavam passes invisíveis.
Ah, Santa Rita, muito obrigado por ter protegido a minha infância…
Jesus é legal, mas eu sou mesmo fã da Senhora.
Valeu, por tudo.
(A Luz não tem fronteira e o Amor não vê cara. O Todo está em tudo!)

P.S.:
Escrevi esse texto em homenagem a um grande amigo, do Rio de Janeiro, que é fã de Nossa Senhora e sempre ora pensando n´Ela. Eu sei que essas linhas chegarão em seu coração e ele reconhecerá as vibrações sutis do universalismo do Amor enchendo sua aura de Luz.

– Wagner Borges – mestre de nada e discípulo de coisa alguma.
Rio de Janeiro, 29 de outubro de 2017.

– Notas:
* Egrégora – do grego “Egregorein”, que significa “velar”, “cuidar” – é a atmosfera coletiva plasmada espiritualmente num certo ambiente, decorrente do somatório dos pensamentos, sentimentos e energias de um grupo de pessoas voltado para a produção de climas virtuosos no mundo.
É a atmosfera psíquica resultante da reunião de grupos voltados para trabalhos e estudos baseados na LUZ. Pode-se dizer que toda reunião de pessoas para a prática do Bem e da Virtude – independentemente de linha espiritual – forma uma egrégora específica, uma verdadeira entidade coletiva luminosa, à qual se agregam várias outras consciências extrafísicas alinhadas com aquela sintonia espiritual para um trabalho interconsciencial.
Provavelmente foi por isso que Jesus ensinou: “Onde houver dois ou mais em meu nome, aí eu estarei.”
Muitos dizem que não se deve misturar egrégoras de trabalhos diferentes, porém, quando o Amor se manifesta, desaparece qualquer ideologia doutrinária, e só fica o que interessa: a LUZ.
No dia em que os homens despertarem para climas mais universalistas e cosmoéticos, com certeza esse mundo será melhor de viver.
Viva a LUZ, pouco importa o nome, o grupo ou a doutrina que fale dela. E viva os mentores espirituais que ajudam a todos, independentemente de credo, raça ou cultura esposada.

Obs.: Ver o texto “Egrégora: União de Propósitos”, postado nesse link:

http://www.ippb.org.br/textos/1354-egregora-uniao-de-propositos-luminosos
** Mentores Espirituais – entidades extrafísicas e positivas que ajudam na evolução de todos; protetores astrais; auxiliares invisíveis; guias espirituais; amparadores extrafísicos.
Obs.: Enquanto eu passava essas linhas a limpo, rolava aqui no meu som a linda música “Soon”, trecho final da suíte “The Gates of Delirium”, do disco “Relayer”, lançado originalmente pelo Yes (a banda britânica de rock progressivo que tanto gosto) em 1974. A versão dela que eu estava ouvindo é cantada pelo vocalista Jon Anderson, acompanhado de orquestra, em sua carreira solo (em 2010). Então, para quem quiser apreciá-la também, deixo, na sequência, o seu link do Youtube.
Jon Anderson – “Soon” – https://www.youtube.com/watch?v=yQy0wzOpOmM

Facebooktwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *