• Brasil
Ramatis Livros Espíritas Universalistas

A AÇÃO INVISÍVEL DA HOMEOPATIA NA AURA HUMANA

A AÇÃO INVISÍVEL DA HOMEOPATIA NA AURA HUMANA

Facebooktwitter

Quando o paciente ingere uma dose de “alta dinamização” com a qual o médico homeopata haja acertado com êxito a medicação, a sua “aura vital” (do duplo etérico) reveste-se de brilhante nuvem radioativa que a envolve intensamente, embora invisível aos encarnados. As energias que se libertam pela ação catalisadora de alta dose homeopática rodeiam a criatura até a distância de três a quatro polegadas, em todos os sentidos de sua aura vital formando um irradiante ovo em tom metálico, bem esbranquiçado e que se assemelha bastante à miniatura do impacto de uma bomba atômica. Sobre o ápice da “aura vital” se percebe a princípio a figura do sugestivo cogumelo atômico, embora apenas na forma de uma radiação transparente, que flutua e se expande diretamente do veículo aquoso da dose homeopática ingerida. Assim que os chacras do duplo-etérico captam essa energia livre e potencializada e a vão absorvendo pelos seus vórtices irisados, produz-se um abaixamento vibratório do energismo desperto em combinação com o medicamento homeopático, fazendo-se a necessária condensação para a intimidade do corpo físico.

A DESCIDA DAS ENERGIAS

A energia que foi potencializada e se liberta da “alta dose” homeopática tende a se concentrar mais rapidamente na região áurica do crânio, convergindo vigorosamente para a região cérebro-espinhal e se disseminando, pouco a pouco, pelas zonas dos plexos nervosos braquial, cervical e dorsal para, em seguida, atingir o plexo solar na região abdominal.

Sob a influência dessa carga energética poderosa, o sistema nervos põe-se ativamente a funcionar e restabelece o metabolismo do sistema endocrínico debilitado, operando gradativamente no levantamento e no equilíbrio de todas as funções orgânicas perturbadas.

A glândula hipófise, que é a regente orquestral do cosmo orgânico do homem, renova-se então, conjugada com a epífise (pineal), constituindo-se no elo da esfera mental e psíquica, e carreando para o corpo físico todas as energias disponíveis proporcionadas pelo despertamento energético da dose homeopática.

O maravilhoso potencial de força que é o períspirito, o grande responsável pelo equilíbrio do organismo carnal, acelera a sua produção energética, assim que recebe o reforço dinâmico da alta dinamização homeopática.

Sob esse socorro dinâmico é possível, então efetuar-se todas as correções necessárias e atender com urgência a todas as solicitações destinadas a manter a harmonia e a saúde.

RAMATÍS – Fisiologia da Alma

Facebooktwitter