• Brasil
Ramatis Livros Espíritas Universalistas

O CANTO DO AMADO*

O CANTO DO AMADO*

Facebooktwitter

Wagner Borges – www.ippb.org.br
(Quando o Pássaro chama o Eterno)

O pássaro veio e cantou dentro de mim.
O seu canto melodioso chamava o Eterno…
Então, o meu coração ouviu o seu canto e tudo mudou!
O canto subiu e se fundiu com a Luz no topo de minha cabeça…
Encantou o lótus das mil pétalas**.
O Samadhi aconteceu!***
Mil estrelas se desdobraram à minha frente…
E no meio delas, a Presença do Amado.
Ah, o pássaro veio e cantou algo lindo…
Era canto de Amor.

P.S.:
E agora, em meu coração, ficou esse Amor.
Pois o pássaro e as estrelas se fundiram na Luz.
E o Amado também está aqui… Pois Ele está em tudo!
Eu só sei o que sinto e isso já é muita coisa…
E só o Amado sabe o que se passa em cada coração.
Só Ele conhece a origem do canto do pássaro e também das estrelas.
A Luz é d’Ele. O Amor é d’Ele. O pássaro é d’Ele. As estrelas são d’Ele.
E eu também… ah, quem compreende isso, realmente compreende.

(Dedicado ao sábio Kabir**.)

– Wagner Borges – mestre de nada e discípulo de coisa alguma.
Curitiba, 15 de março de 2015.

– Notas:
* O Amado – O Todo, o Poder Absoluto que está em tudo, O Supremo, O Grande Arquiteto Do Universo, Deus, O Amor Maior Que Gera a Vida. Na verdade, O Supremo não é homem ou mulher, mas pura consciência além de toda forma. Por isso, tanto faz chamá-lo de Pai Celestial ou de Mãe Divina. Ele é Pai-Mãe de todos. Ele é o Amado.
** Lótus das mil pétalas – do sânscrito – metáfora iogue para o chacra coronário.
Obs.: Chacra Coronário – é o centro de força situado no topo da cabeça, por onde entram as energias celestes. É o chacra responsável pela expansão da consciência e pela captação das ideias elevadas. É também chamado de chacra da coroa. Em sânscrito o seu nome é “sahashara”, o lótus das mil pétalas. Está ligado à glândula pineal (que é a glândula mais alta do sistema endócrino, situada bem no centro da cabeça, logo abaixo dos dois hemisférios cerebrais. Essa glândula está ligada ao chacra coronário, que, por sua vez, se abre no topo da cabeça, mas tem a sua raiz energética situada dentro dela. Devido a essa ligação sutil, a pineal – também chamada de “epífise” – é o ponto de ligação das energias superiores no corpo denso e, por extensão, tem muita importância nos fenômenos anímico-mediúnicos, incluindo nisso as projeções da consciência para fora do corpo físico).
* Samadhi – do sânscrito – estado de consciência cósmica; expansão da consciência.
** Kabir (1440—1518) – foi um dos grandes poetas místicos ou santos-poetas da Índia medieval, tendo composto poemas que evidenciam a fusão entre os ensinamentos hindus e o sufismo muçulmano.
Obs.: Deixo, na sequência, um trechinho da sabedoria de Kabir.

PÉROLA DE KABIR

Dentro deste vaso de barro
Encontram-se os canteiros e os bosques,
E nele está o Criador.

Neste vaso estão os sete oceanos,
E um sem-número de estrelas.
A pedra filosofal e os que louvam suas virtudes
Estão em seu interior.

E neste vaso o Eterno soa, e a fonte mana…
Kabir diz: Escuta, amigo!
Meu Bem-Amado Senhor está no interior.”

Facebooktwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *