• Brasil
Ramatis Livros Espíritas Universalistas

TIRANDO O ZERO DO PLACAR E FAZENDO GOLAÇOS DE AMOR

TIRANDO O ZERO DO PLACAR E FAZENDO GOLAÇOS DE AMOR

Facebooktwitter

Por Wagner Borges – www.ippb.org.br

– Companhia do Amor* –
A Turma dos Poetas em Flor.
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges – São Paulo, 07 de abril de 2006).

Zero X Zero é igual a nada!
Pois o seu coração é assim:
Zero de amor X Zero de alegria.
Resultado: zero de vida.

Essa é a matemática da vida.
E você está levando bomba!
Além de não somar, você subtrai.
Isso mesmo: subtrai a paciência alheia.

Nem os seus guias estão aguentando.
Coitados! Você subtraiu a luz deles.
Assim como fez com todos que gostam de você.
Você é o mestre Zero!

Com o perdão da redundância, mestre de nada.
Até os seus olhos são zerados, pois não há brilho neles.
Em compensação, o seu ego é mil! E sua ignorância também.
Mestre Zero de tal… que não manda nem em si mesmo.

Desculpe o mal jeito, mas você é uma piada.
Como os seus guias são bonzinhos, tiveram paciência.
Até que o caldo entornou, e eles foram falar com Deus.
Lá em cima, deram o serviço para o Homem.

Sensibilizado, Ele chamou a galera da Companhia do Amor e disse:
“Vão lá embaixo e chacoalhem o cara.
Vocês sabem: falem na lata, do jeito que ele precisa ouvir.
Dessa vez, ou ele se toca, ou o Carma o toca!”

Foi por isso que nós viemos: O Homem mandou!
E, como nós não somos guias de ninguém, mandamos ver!
Nosso compromisso é com o Papai do Céu.
Temos a liberdade de baixar a mamona no ego-zero.

Zero, não precisamos lhe falar mais nada, não é mesmo?
Fica esperto (e aberto e desperto), e vê se cresce.
Nada de manha, a gente conhece o seu jeitão.
Inverte o lance: zero de ego, mil de amor.

Quem sabe os seus guias não voltam, hoje mesmo?
Quem sabe você não começa a pedir desculpas?
Quem sabe você começa a somar, nessa noite mesma?
Quem sabe se hoje não é o dia de seu renascimento?

Talvez hoje seja o seu dia de sorte.
Feche os olhos e agradeça ao Papai do Céu.
Ele lhe deu a vida. Valorize-a.
Tire o zero do placar de sua vida.

Marque golaços (atitudes sadias) nos campos da vida.
Encante a torcida (os seus guias).
Jogue um bolão e dê passes perfeitos (sem firulas).
Deixe o ego perna-de-pau e vire craque em viver.

Por ora, é só. Vê se aproveita o lance.
Falamos direto, na lata, porque você precisa.
Mas também queremos o seu bem.
Tire o zero do placar. Por favor, marque golaços.

Feche os olhos e lembre-se do Papai do Céu.
Ele também é nosso Papai.
Então, somos irmãos.
A Companhia do Amor agradece sua atenção.

Até mais.

– Companhia do Amor* –
A Turma dos Poetas em Flor.
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges – São Paulo, 07 de abril de 2006).

Facebooktwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *